Máfia sofre duro golpe na Itália e nos EUA.

Nova York — As autoridades italianas e americanas realizaram nesta terça-feira uma ampla operação conjunta contra as organizações mafiosas ‘Ndrangheta e Gambino em ambos os países, com um saldo de 24 detidos e a descoberta de um plano para transportar drogas da América do Sul, indicaram as autoridades.
Segundo a Promotoria Federal do Brooklyn (sudeste de Nova York), sete pessoas foram detidas na metrópole americana e 17 na Itália.
Entre os detidos em Nova York estão um membro da ‘Ndrangheta -considerada a mais perigosa e poderosa das quatro organizações italianas-, e integrantes das famílias mafiosas nova-iorquinas Gambino e Bonanno.
Na Itália, a operação teve como alvo o clã Ursino da ‘Ndrangheta, que tem seu feudo na Calábria (sul).
Coordenada pelo procurador de Reggio Calabria (sul da Itália), Federico Cafiero de Raho, a investigação começou há dois anos e desencadeou uma operação reunindo mais de 100 agentes em Nova York e em várias regiões da Itália.
Os detidos foram acusados de participar de atividades de narcotráfico, lavagem de dinheiro, associação criminosa e posse de armas.
Homens da Agência Federal de Investigações americana (FBI) e italianos se infiltraram nos grupos mafiosos nos dois lados do Atlântico, o que permitiu a descoberta de um plano para organizar o transporte de 500 quilos de cocaína da Guiana para a Itália e, depois, para os Estados Unidos.
A droga, procedente de cartéis mexicanos que operam nesse país sul-americano, seria escondida em carregamentos de peixe congelado ou de abacaxis de uma companhia mercante da Guiana para ser enviada ao porto de Gioia Tauro (sul da Itália).
O plano dos clãs mafiosos foi afetado pelas informações obtidas pelos agentes infiltrados e pela apreensão de um carregamento de cocaína na Malásia estimado em 7 milhões de dólares escondido entre abacaxis e leite de coco em contêineres da mesma empresa mercante da Guiana.
“Integrantes do clã ‘Ndrangheta’ conspiraram com membros da família mafiosa Gambino em Nova York em uma tentativa de entrar em nossa área com suas atividades ilegais. Os dois grupos criminosos trabalhavam juntos para estabelecer um plano destinado a transportar cocaína e heroína entre Estados Unidos e Itália”, afirmou o oficial do FBI, George Venizelos, citado em um comunicado.

Fonte: Google notícias – Por Mariano Andrade (AFP).

20140211-175118.jpg

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: